ADAPTAÇÃO DE LENTES DE CONTATO

Lentes de contato são uma ótima opção para corrigir o grau, pois proporcionam boa visão e maior campo visual aos usuários de óculos.

Para algumas pessoas as lentes de contato são utilizadas por razões estéticas, mas há casos em que as lentes oferecem visão melhor que a proporcionada pelos óculos (exemplo: pós transplante de córnea, ceratocone).


As lentes de contato também podem ser usadas para modificar a cor dos olhos, com objetivo estético ou razões cosméticas, como por exemplo, em casos de doenças em que há opacidade de córnea.


As lentes também são usadas com finalidade terapêutica (pós operatórios, pequenas perfurações).
Independente da finalidade, TODAS as lentes de contato, alteram a fisiologia dos olhos e potencialmente podem causar complicações.
Por causa disso, é fundamental fazer um exame oftalmológico completo antes de começar a usar lentes, e , importante também, acompanhamento para aqueles que já usam.

Para iniciantes é importante:


1) Exame completo: atualizar grau dos óculos e verificar qual será o grau da lente; aferir a curvatura da córnea para escolher a curvatura e diâmetro da lente, verificar as condições do olho e se há alguma doença ocular que impeça o uso das lentes e saber a necessidade de uso do paciente.

2) Testes com lentes específicas para aquele paciente, de acordo com as características oculares. No teste, avalia-se a interação das lentes com a córnea, com o propósito de buscar a melhor relação possível. Avaliam-se posição, mobilidade, troca de filme lacrimal, tipo e frequência do piscar e visão com as lentes.

3) Treino: o paciente deverá aprender a colocar, retirar e lavar as lentes de contato.Também receberá informações importantes sobre o cuidado das lentes

4) Retorno para reavaliação: o retorno periódico é necessário para verificar dificuldades no manuseio, promover a educação do paciente e identificar possíveis alterações oculares.

Alerta aos usuários de lentes de contato: Fique sempre alerta para o que acontece com seus olhos. Se sentir algo diferente, como dor, sensação de areia ou cisco, olho vermelho, visão com pouca nitidez, procure seu oftalmologista!

Não espere para ver se o olho melhora sozinho!

 

Fonte: Sociedade Brasileira de Lentes de Contato, Córne e Refratometria