Smile - Cirurgia ocular a laser minimamente invasiva

Que tal reconquistar a liberdade para a prática de esportes e atividades ao ar livre, sem a necessidade de óculos e lentes de contato? Agende a sua consulta para saber mais sobre esse procedimento eficiente e indolor.


O que é o SMILE? Cirurgia ocular a laser minimamente invasiva para correção da visão Extração lenticular por pequena incisão com SMILE é o tipo mais recentemente desenvolvido de cirurgia ocular a laser. É um procedimento minimamente invasivo que pode corrigir vários problemas de visão, como miopia e astigmatismo. A técnica SMILE é uma opção popular, sendo usada em mais de 1.300 clínicas e praticada por mais de 2.500 cirurgiões em todo o mundo. Já foram corrigidos milhões de olhos com miopia e/ou astigmatismo por meio da técnica SMILE, em mais de 80 países.

Como funciona o SMILE? SMILE funciona em um laser de femtossegundo para remodelar a córnea. Este laser de femtossegundo é um laser infravermelho próximo de pulso extremamente curto, frequentemente usado para criar um flap de LASIK. A alta intensidade de pico do laser em uma duração de pulso muito curta (dentro de alguns femtossegundos de tempo) permite que ele crie orifícios únicos de microprecisão (bolhas) que formam cortes ou planos no tecido da córnea sem afetar o tecido adjacente. Demora menos de 30 segundos para o laser criar um pequeno pedaço de tecido da córnea em forma de lente (chamado lentícula) dentro da córnea. O cirurgião então remove a lentícula através de uma pequena incisão na parte externa do olho. Isso remodela a córnea e corrige o erro de refração. O laser de femtossegundo produz (ou cria) uma camada fina logo abaixo da superfície do olho e, ao mesmo tempo, cria uma pequena abertura. É um procedimento, sem ruídos e inodoro e o paciente pode permanecer na mesma posição do início ao fim.


Benefícios Os lasers de femtosegundo são projetados para passar sem causar danos pelas camadas superiores da córnea, para criar a lentícula apenas em uma subcamada específica dentro da córnea, o que significa: Com uma incisão menor que 4 mm na superfície do olho, o SMILE® compreende um procedimento minimamente invasivo.

  • A camada externa da córnea não precisa ser removida.

  • Os nervos da córnea que estimulam as glândulas lacrimais são menos afetados e ainda são capazes de ajudar a manter o olho lubrificado. Os efeitos colaterais, como a síndrome do olho seco, são raros após o SMILE.

  • É possível manter a estabilidade da córnea, porque todas as camadas superiores da córnea praticamente não são afetadas.


Preparação para a cirurgia Antes e no dia da cirurgia Antes da cirurgia, os pacientes geralmente são orientados por seu médico a:

  • Parar de usar lentes de contato rígidas por pelo menos quatro semanas e lentes gelatinosas por duas semanas antes da cirurgia, porque elas podem interferir nos exames de diagnóstico pré-operatório.

  • Não usar maquiagem, perfume ou creme na véspera e no dia do procedimento. Esses produtos podem deixar resíduos ao redor dos olhos e cílios, o que aumenta a chance de infecção

  • Providenciar transporte alternativo imediatamente após a cirurgia e, possivelmente, nos próximos dias após a cirurgia.

Fonte: Zeiss